Aceitando nossos cabelos

Olá tudo bem com vocês?

Não estou aqui para criticar ninguém, até porque  eu mesma já tive todo tipo de cabelo que quis e usei muita química durante 10 anos (progressiva, tintura, amaciamento, relaxamento, descoloração e algumas outras que não lembro dos nomes ).

Durante muitos anos foi imposto que cabelo bonito era “cabelo liso escorrido” e muitas das vezes aquele loiro platinado (quase branco). E quem não tinha esse tipo de cabelo muitas vezes ficavam com a auto estima abalada.
Pois as pessoas de “cabelos bonitos” sempre tinham a preferência em todas as situações boas da vida (por exemplo: empregos).

E o que fazíamos para resolver essa situação?

QUÍMICAS: relaxamento, progressivas, alisamentos e etc. Que deixavam os cabelos bem lisinhos (eu fazia e achava lindo), mas a longo prazo essas químicas detonaram com nossos cabelos, deixando nossos mais finos e frágeis. Isso sem contar que muitas vezes os produtos eram bem caros e na maioria dos casos o cheiro dos produtos usados para “alisar” os cabelos são muito fortes e as vezes precisávamos cobrir olhos e nariz durante a aplicação pois ardia muito os olhos (me dava muita dor de cabeça logo depois de passar o “produto”).

Sem mais delongas:

Vocês sabem que cabelo natural agora virou moda (Principalmente os cacheados) e vamos ser sinceros. Tanto as mulheres quanto os homens, parece que ficaram mais bonitos (as), mais jovens, mais felizes…

cats.jpg

Mas precisamos passar pela fase de transição, que é quando o cabelo fica uma parte natural e uma parte com química. Essa fase pode durar meses ou anos… Ou você pode pular essa fase fazendo o BC (Big Chop) que seria cortar toda a parte com química do cabelo. Mas já vou logo avisando que provavelmente sofrera algum tipo de preconceito (experiência própria).

Sei que o processo de transição é longo e muitas vezes dolorido. Precisamos de muito apoio da família, amigos … Pois o cabelo fica muito estranho, uma parte natural e uma parte com química. Mas graças a Deus existe um monte de técnicas de texturização (deixa as duas partes do cabelo parecidas).

A minha Transição durou 4 longos meses, todo dia eu experimentava técnicas de texturização e as que mais funcionavam para mim demorava horas para ficar perfeito       (eu trabalhava e estudava na época). Já não tinha tempo para mais nada.

Quando decidi fazer o BC, (nessa época eu nem sabia que existia esse nome, aproveitei e doei meu cabelo), uma amiga foi comigo ao salão, mas não estava la na hora do corte. O cabeleireiro (Nikinhos), me perguntou varias vezes se eu tinha certeza que queria cortar, e eu fui bem firme dizendo que sim. Dai ele cortou, tiramos foto do antes e depois (e ainda ganhei um brinco para combinar com o novo visual). Achei lindo na hora, minha amiga chegou e disse que gostou também mas vi a estranheza no seu olhar.

Daí fui trabalha no outro dia de manhã e o povo ligava la na loja para saber o porque  eu tinha feito aquilo com o meu cabelo e muitos disseram coisas horríveis (cambada de trouxas). Mas meus amigos de verdade perguntavam, achavam estranho, riam, me apoiavam… (A Dani disse que eu estava parecendo aquelas atrizes chiques “peruas” hahaha

Hoje vivo muito feliz com minhas molinhas. E as ofensas que ainda recebo não me atingem mais,pois eu quebrei o paradoxo imposto para mim.

Agora que quebramos o paradoxo de que cabelo bonito “é cabelo liso e loiro”. Vemos o quanto estávamos cegos desperdiçando nossa beleza natural e nosso suado dinheirinho, como formas de mudar para que fôssemos aceitos na sociedade.

Espero que tenham gostado.

Fim

Beijos e até a próxima

Gente eu vou amar se vocês deixarem ideias para novos posts. É só colocar nos comentários. Ou no e-mail luanadeyse_123@hotmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s