Filhos de quatro patas, parte final

Olá tudo bem com vocês?

Então hoje é o dia de apresentar  a Nina, o Ninho (Suzaninho) e o Fufu, que são filhotes da Kristal com o Snike.

Na verdade eles já são adolescentes, mas eu ainda trato como bebês hahaha e o Café e a Paulinha morem de ciumes…

Ai gente pensa que filhotinhos lindos, pareciam ratinhos (minha avó tinha medo hahaha) e a Kristal era muito lokona, eles nasceram em Janeiro eu estava viajando e tava chovendo muito  nessa época dai minha vó foi la tratar dos cachorros como de costume e foi procurar a Kristal para dar comida, daí ela estava dentro da casinha com os filhotes, mas na hora que ela viu minha avó ela pegou os filhotes e jogou embaixo da casinha e ficou deitada la com eles, da minha vó empurrou uma vasilha de comida e água para debaixo da casinha…

Três dias depois eu cheguei e fui lá visitar meus cachorros pois estava morrendo de saudade, e não encontrei a Kristal da peguei e fui lá na minha avó perguntar cadê ela.

Ai minha avó me contou a história inteira e eu voltei para ver os filhotes da Kristal que rosnou para mim e eu comecei a adular até ela deixar eu pegar os filhotes. Daí peguei e coloquei todos dentro da casinha juntos com a mamãe  e coloquei um monte de tapete velhos para esquenta-los.  Estava achando eles muito magrinhos, tanto que depois comecei a dar leite na seringa para eles, pois mamavam o dia todo praticamente e parece que não sustentava. Cerca de dois meses depois eles já estavam obesinhos hahaha.

A Nina parece um bichinho do mato, ela é muito arisca e corre demais, quando vou pegar ela para dar banho ou passar algum remédio é uma dificuldade, mas sempre conto com ajuda da Paulinha que corre atras e fica meio que segurando ela no lugar até eu chegar. Mas depois que está no colo ela fica muito calma e doce (até dorme enquanto desembaraço o pelo).

O Ninho esse é o mais bravinho, ele não deixa ninguém entrar no quintal antes de dá seu “alarme” e enfrenta as pessoas… Só que ele é meio gordinho e não da conta de correr muito tempo hahaha… tem hora que sai cada briga dele com os irmãos.

O Fufu ele é mais sensível, sempre foi o menorzinho e eu estava com medo dele não escapar, para conseguir pega-lo tenho que trata-lo com amor: “vem aqui Fufu lindo da mamãe” ou mexer com o Café dai ele vem correndo hahaha.

Varias pessoas já me pediram (e pedem) eles mas não tenho mais coragem de separa-los, até três meses eu até estava disposta a doar mas ai as pessoas ficavam com cu doce porque os cachorros são brancos e sujam muito e tem que podar os pelos de vez em quando…

Eu sei que posso estar sendo egoísta, mas pelo menos comigo eles tem casa, ração e água fresca todos os dias e são muito amados. Sempre que meu bebê dorme depois do almoço, vou para o quintal brincar com eles.

Jogo as bolinhas para os pequenos e pedaços de pau para os grandinhos hahaha, tiro os carrapatos que encontro passo remedinhos quando necessário, brinco de corrida…

Fim

Beijos e até a próxima semana. Só que dessa vez com os remédios que usei contra os carrapatos.

Gente eu vou amar se vocês deixarem ideias para novos posts. É só colocar nos comentários. Ou no e-mail luanadeyse_123@hotmail.com

 

Anúncios

Um comentário sobre “Filhos de quatro patas, parte final

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s